7 de jul de 2014

Inverno a melhor época para turbinar seu corpo.

Olá pessoas...

O inverno ta aí e com ele uma grande oportunidade para você que pensa em fazer algum tipo de mudança ou começar a tratar alguma parte do corpo sem sofrer com os raios solares que em alguns casos podem atrapalhar certos tratamentos.


O clima exerce uma influência grande sobre o nosso organismo, tanto sobre a pele pelos fatores externos, quanto no humor. O inverno é a época ideal para fazer tratamentos estéticos de ação mais profunda. É a estação propícia, pois vindo em seguida a uma época de muito sol, o corpo está mais necessitado de cuidados específicos.

No verão, devido ao calor, há uma exposição, muitas vezes, exagerada aos raios solares. Muitos ainda não se preocupam com os perigos causados pela radiação solar, freqüentando praias e piscinas em horários inapropriados, sem o uso de protetor solar, utilizando fatores de proteção insuficientes e até mesmo se esquecendo de reaplicá-lo, acreditando ser necessária apenas uma aplicação. Até porque queremos curtir de forma plena o nosso dia de sol, né?!

Com a chegada do inverno os dias tornam-se mais frios, secos, nebulosos e se observarmos bem, nossa pele se modifica com essas variações climáticas. O vento frio, as baixas temperaturas e a pouca ingestão de líquidos colaboram para que a pele do rosto e do corpo se apresente manchada e sem brilho, tornando-se também mais ressecada, podendo até mesmo apresentar uma leve descamação.

Essas alterações, se não tratadas corretamente, podem piorar. Por isso é importante dedicar um cuidado especial para o rosto e o corpo. É indicado iniciar nesta estação um tratamento estético em uma clínica especializada, com o intuito de esfoliar, hidratar e nutrir a pele.

Momento propício para se tratar as manchas, pois pode ser usado uma variedade de produtos clareadores que são fotossensíveis (podem manchar a pele se a pessoa se expuser ao sol)
A falta de viço e a textura um pouco mais áspera da pele mostram a necessidade de retirada de pequenas camadas superficiais, eliminando as células mortas e propiciando uma melhor penetração dos produtos de tratamento, que passam a agir com mais facilidade. O uso de hidratante é importante e o correto é que estes produtos, utilizados para hidratar a pele do rosto, possuam também substâncias como as vitaminas C e E, coenzima Q10, DMAE , argireline e tantas outras.

Para quem quer se preparar para o verão é a época também ideal para iniciar ou continuar um tratamento de corpo. Os tratamentos que visam melhorar a celulite, estrias, gorduras localizadas, flacidez e secar vasinhos das pernas requerem, no mínimo, oito semanas de tratamento. Estes tratamentos estéticos podem causar pequenas manchas roxas (equimoses) nos locais onde são aplicados, mas que desaparecem em pouco tempo. Nada melhor do que fazer nesta estação quando usamos roupas bem fechadas.
A realização de lipoaspiração, aplicação de botox, tratamentos com luz pulsada ou laser e até mesmo a colocação de próteses de silicone são melhores toleradas e mais rapidamente recuperadas nesta época do ano.

Então se você está com vontade de fazer algum tipo de modificação no seu corpo/rosto, ou simplesmente quer tratar alguma área que sofreu muitos danos por conta da falta de cuidado ou cuidado mal feito durante as estações mais quentes, aproveite essa época delícia (para alguns, porque eu não suporto o inverno, odeio sentir frio) para se cuidar e chegar linda e arrasando no verão com tudo em cima.
Espero que tenham gostado!! Arrazem por aí...
Beijos e até a próxima semana...
Fonte: Onodera Estética

Shanna ou como ela prefere ser chamada Nanninha, é a nossa nova colaboradora aqui no blog, para saber mais dela e sobre seu blog Clique aqui.

1 comentários:

  1. Adorei o post, também não gosto do frio, beijosss!!!
    http://www.glaucia-makeup.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

 
Caso sua foto seja publicada no blog, entre em contato e eu terei o prazer de dar os devidos créditos.
Este site está sob a licença Creative Commons CC BY-NC-SA 2.0: você pode redistribuir e adaptar o conteúdo contanto que credite a autoria e distribua o resultado sob a mesma licença.
Uso comercial requer autorização.