5 de out de 2014

Barba Miserável.


Acredita em amor à primeira vista? E a segunda? Olha eu estou começando a acreditar desde de uma quarta-feira tediosamente normal como qualquer outra quarta a caminho de casa sentada no ônibus quando me paraliso para apreciar a tua pele branca, a tua barba má feita e teu jeito de menino homem se escondendo atrás da tela de seu celular. Mas sou brigada a retomar meu mundo patético, quando o motorista segue seu caminho e te perco na linha do horizonte. Volto sim ao meu mundo, mas agora ele está diferente não sei porque. Será porque consigo senti a tua barba loira pela minha nuca? Chego em casa mas você não sai da minha mente. Mas chega, deixa para lá, você se foi, acabou, dormi!

Em uma quinta-feira tediosamente normal voltando para casa me paraliso com o brilho dos teus olhos, com o loiro exato dos cabelos dos nossos filhos e com aquela barba mau feita miserável que eu não conseguirei esquecer. Meu corpo implorava para me levantar e correr pelo corredor apertado de gente e gritar “Piloto... espera que eu vou descer”, aparecer na sua frente e dizer “Oi” sim, seria a coisa mais idiota, louca e maravilhosa que eu poderia fazer, só para vê o seu sorriso de perto. Mas não levantei e permaneci seguindo o meu caminho. E não, Você não saiu da minha cabeça, ainda sinto a tua barba, sei o gosto do teu beijo e sei como serão nossos filhos. O que eu não sei em hipótese alguma é quando te verei novamente. E então você se foi, acabou e eu dormi!

 As vezes me atrevo a escrever, navegar por esse munto de imaginação e letras. Espero você nesse navio sempre. Siga no Instagram: @nicoledrigues ; Curta a Fan Page ; Siga no Twitter: @nicolemengo ; Se inscreva no canal do Youtube ; Se inscreva aqui no blog. E acompanhe tudo em tempo REAL!

2 comentários:

  1. Gostei do texto, aquele amor dolorido...Flor passa no meu blog pra conhecer tem SORTEIO DOS LANÇAMENTOS DA BEAUTY FAIR. Boa sorte pra ganhar!
    www.makeolatras.blogspot.com.br
    Bjsss =]

    ResponderExcluir
  2. mt ruim essas "paixões" de rua, por alguém que você vê rapidinho e talvez nunca mais veja.. aff!! haha. espero que você o veja de novo. e que desça do ônibus! (se essa história for verdadeira, claro).
    beijos www.portefeminino.com.br

    ResponderExcluir

 
Caso sua foto seja publicada no blog, entre em contato e eu terei o prazer de dar os devidos créditos.
Este site está sob a licença Creative Commons CC BY-NC-SA 2.0: você pode redistribuir e adaptar o conteúdo contanto que credite a autoria e distribua o resultado sob a mesma licença.
Uso comercial requer autorização.