27 de ago de 2013

6 dicas para superar o fim do namoro


CHEGA NÉ! Cansei de vê minhas amigas sofrerem e então para não repetir sempre as mesmas dicas, a partir de hoje apenas irei enviar o link desde post, e se você estar no mesmo barco de sofrer após o fim de um namoro, considere minha amiga e siga estas dicas pois irá te ajudar muito. Confie em mim ;D


1º Não stalkear, a vamos combinar que aquela frase super clichê é a mais verdadeira de todas "O que os olhos não vê, o coração não sente" é exatamente isso, e além que a possibilidade de você encontrar algo que possa te ferir é de 80%, então não rola né?!

2º Na vida temos que sempre pensar positivo e eu acredito sim que há males que vem para o bem, você está sem ele mas terá mais liberdade e até mesmo mais tempo para está e curti com os amigos, certa? Então para de choraminga pelo o que se foi e curta o que está por vim!


 3º Ás vezes se livrar das coisas que lembra ele pode ser uma boa escolha. Logico que tudo tem uma história e pode ser bem dolorido, mas irá ser bem mais olhar para aquelas coisas "feias" que ele te deu e você ficar bem pior.

4º Amizade é sempre bom, mas dá aquela desculpa que quer ser amiga dele e ficar sofrendo toda fez que sabe algo é o pior de tudo. Vamos falar a verdade que a desculpa que você só quer a amizade dele é a mais velha e a mais usada de todas. Confesso que todas as minha amigas usam e o que eu sempre digo para elas é para se afastar. pode ser dolorido, afinal tudo que se trata deste assunto é dolorido, mas da uma de amiga só para saber o que ele anda fazendo ou quem ele anda ficando, é a treva né rs.

5º Cultivar novos hábitos pode ser a melhor opção, ainda mais depois de muitos anos de namoro suas escolhas podem ser parecidas, e aquele programinha que parecia super legal só irá te fazer lembrar dele e te deixar muito mal, e não queremos isso certo biscoito?

6º Acima de tudo cuide de você, além de você ter o gostinho de vê-lo olhando para você super bem (eu sou mulher, sou vingativa ué rsrsr) você estará se cuidando e quem sabe irá arruma outro gato logo logo,mas a cima de tudo irá focar em outra coisa e esquecer dele rapidinho (quer dizer, irá esquecer mais rápido que do chorar pelos cantos rs).

É isso ai, acho bom você seguir tudinho o que eu falei, se não der certo venha cá e pode brigar comigo, eu deixo rs. Tem alguma outra dica? Deixe nos comentários, me ajude e ajuda outras meninas =D

Beijoooos e até o próximo post!

Não esqueça de CURTI A FAN PAGE e seguir o blog! Volte sempre!

10 comentários:

  1. Adorei o pos hahahah concerteza tentar focar em outras coisas ajuda muito.http://quaseparasempr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. que bom q gostou rsrs. Ajuda mesmo *--*
      Volte sempre!

      Excluir
  2. Ótimas dicas! Mas é importante ter sempre em mente que cada um é de um jeito e o bom mesmo é dar tempo ao tempo e respeitar a dor... Fingir que ela não existe só serve para prolongá-la!

    Abraços, Isabela.

    www.universodosleitores.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O tempo cura tudo mas podemos ajudar ele não é?! rsrs
      Beijos volte sempre!

      Excluir
  3. A melhor coisa é se manter ocupada. Invente novos hobbies, cursos etc. To passando por isso e é bem mais difícil do que eu esperava.

    Pedras na Janela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é bem difícil mesmo ='(
      Supere logo, logo viu rs
      Volte sempre flor!

      Excluir
  4. Adorei! Nunca chorar pelos cantos! Amei a ilustração da branca de neve! HILARIA ! Hahaha

    Adorei o post, parabéns!

    www.aiiquelindo.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkk que bom que gostou bia *--*

      Volte sempre viu =D

      Excluir
  5. Oi Linda!!!gosto muito do seu blog e te indiquei para um selinho,vai lá no meu blog pra ver http://garotaiinvisivel.blogspot.com.br/2013/08/selinhothe-versatile-blogger.html

    ResponderExcluir

 
Caso sua foto seja publicada no blog, entre em contato e eu terei o prazer de dar os devidos créditos.
Este site está sob a licença Creative Commons CC BY-NC-SA 2.0: você pode redistribuir e adaptar o conteúdo contanto que credite a autoria e distribua o resultado sob a mesma licença.
Uso comercial requer autorização.