6 de ago de 2013

Espaço da Rô: Vida Pra Que Te Quero.

Vida pra que te quero


            Tudo começa com uma história que para mim é inesquecível. Para o outro, não tanto assim. Dizem então que não devo dar tanta importância, mas dar a devida importância é algo relativo. Ser superficial é algo realmente contrário a todas as minhas características. Às vezes aí é que mora o problema.
            Sei que é questão de tempo e que vai passar. Que uma hora a lembrança vai ser algo positivo. Por enquanto não. Não dá para evitar essas madrugadas, essas ruas, esse clima. Não agora que me sobra tempo para pensar, lembrar, escrever. As memórias, pelo menos até agora, se reduziram à saudade e a uma tentativa frustrada de fuga sentimental.
            Talvez seja a falta, a sobra, o drama. Talvez seja amor sem não mais ter alguém a oferecer. Talvez seja um pedido exagerado de atenção. Sei que aqui as situações passam e que nesse momento elas tomam dimensões enormes. Sei que aqui o tempo passa, promessas passam, a vida passa. Eu não quero que seja depressa. Só quero viver de verdade esse outro tempo, sem dar o maior valor ao passado. Viver agora, pra sempre.

Roberta é a mais nova colaboradora aqui no blog, a nossa futura jornalista que adora doces, ela tem um blog super novinho, vá até lá e aproveite os textos dela aqui. Para saber mais sobre a Rô clique aqui pois ela deixou um recardo para você!

3 comentários:

  1. Adorei o texto Rô!!
    Parabéns e seja bem vinda viu?
    Vou adorar ler seus textos...

    Vamos viver o agora... sempre!

    Beijos minha loira

    ResponderExcluir

 
Caso sua foto seja publicada no blog, entre em contato e eu terei o prazer de dar os devidos créditos.
Este site está sob a licença Creative Commons CC BY-NC-SA 2.0: você pode redistribuir e adaptar o conteúdo contanto que credite a autoria e distribua o resultado sob a mesma licença.
Uso comercial requer autorização.